IMPOSSIBILIDADE DE PRESTAÇÃO POR CULTA DE UM DOS DEVEDORES